Aceitar os filhos tal como são é respeitá-los

Como é difícil para muitos pais aceitarem seus filhos tal como são. Não é verdade? Especialmente quando o filho sai com um caráter forte e interesses completamente diferente deles. Alguns pais chegam a se sentir decepcionados porque seu filho não atinge suas expectativas, e como educar é ajudar a criança a realizar seus potenciais, isso está completamente fora de contexto.

Aceitar os filhos tal como são é respeitá-los

Forçar a criança a ser o que não é, é considerado manipulação, abuso e uma grande falta de respeito. Eu compartilho tudo isso porque conheço alguns pais que estão sempre preocupados com os filhos, quase de uma forma obsessiva com o que vão dizer, fazer ou como vão se comportar. Existem pais que estão o tempo todo julgando e exigindo que os pequenos sejam tal como eles são, como se eles fossem um modelo perfeito a seguir. Eles observam, corrigem, tentam fazê-los parecidos a eles mesmos, tentando mudar sua forma de ser, de ver as coisas. Tentam até mudar seus gostos, desejos, seu caráter e inclusive suas reações e tendências, como se fossem um produto em série.


Conheço um pai que adora jogar tênis, mas sua filha não gosta. O pai sempre a menosprezava diante dos outros, dizendo que ela parecia uma patinha manca e coisas do estilo. Tem também uma mãe que também não se mostrava contente com as notas que seu filho tirava na escola. Sempre comentava como ela só tirava notas boas e que não sabe a quem o filho puxou, porque não se interessa por nada, nem pelos estudos nem pelo seu futuro.


As crianças são seres livres com um dia nós também o fomos. Então, por que exigir tanto dessas pequenas criaturas? O pai é muito comunicativo e não entende porque seu filho é tão tímido e calado. A mãe é moderna e não aceita que sua filha não goste de usar saias. O pai joga muito bem futebol e fica indignado como seu filho não sabe manejar uma bola. Vejo tantos pais decepcionados pelo jeito de ser dos seus filhos. Por que os filhos devem se enquadrar segundo nossas expectativas? Por que tentamos moldá-los segundo nossos gostos, vontades e desejos?


As crianças devem se sentir aceitas pelos seus pais

Uma coisa importante, é que você, como pai e mãe, ajude seu filho a superar algo que não lhe faz bem, como por exemplo, atitudes agressivas, mau humor, preguiça, vergonha, ansiedade, hiperatividade, depressão ou qualquer outro tipo de comportamento não assertivo e negativo.

Outra coisa muito diferente é que o obriguemos e estejamos dia após dia atrás dele com o mesmo discurso, como: “por que não faz isso ou aquilo”? “por que não é assim ou assado...”.

Tudo isso me faz lembrar o que me escreveu uma mãe quando fizemos um artigo sobre as habilidades do seu filho autista. Ela disse que quando acreditamos nos filhos, colocamos um grão de areia a mais na construção da sua autoestima, do seu ego e das suas realizações. Não importa o que a criança vai preferir, se a natação, a dança, arte, tecnologia, etc. Nosso apoio deve ser incondicional, já que é isso que o ajudará a desenvolver seus dons.


Você já parou para avaliar quantos sofrimentos podem causar às crianças quando seus pais lhes exigem ser o que não são. Sei que às vezes pode ser muito complicado para um pai aceitá-los tal como são. No entanto, se isso é tão difícil assim, você deveria pensar como é difícil para seu filho não ser aceito por você.

Se você gostou deste artigo, ficarei feliz em saber, então deixe aqui seu comentário! ;)

Guia_Paciência_post.jpg
Lista VIP post.jpg
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
Conheça Método.png
Logo Whats.png
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey G+ Icon

© 2015 Mentoria de Pais  |  Márcia Girardi  |  Todos os Direitos Reservados