10 maneiras de fracassar como mãe


Pensar em atitudes capazes de transformar a maternidade em um grande fracasso é uma maneira de se manter alerta contra isso. Muitas mães relatam a insegurança que sentem em relação ao cumprimento da missão da maternidade e, não é para menos, afinal é uma grande responsabilidade. Entretanto, neurose não ajuda em nada; o que importa é buscar fazer o melhor, driblando o medo e a culpa.


No sentido de assimilar melhor, listamos algumas atitudes que fatalmente levarão uma mãe ao fracasso:

1- Não priorize o seu filho

Claro que você tem muitos afazeres: trabalhos domésticos, marido, familiares e até a sua profissão. É compreensivo que seu tempo esteja muito curto, mas nada justifica a falta de atenção com o seu filho, ele deve ser sempre prioridade e merece, pois, cuidados físicos e emocionais.


2- Ignore sinais de problemas

Você já tem problemas demais e não quer se incomodar com os indícios pelos quais seu filho demonstra estar enfrentando problemas. O que você chama de bobagem hoje pode se transformar em grande transtorno num futuro próximo, acredite!


3- Não acompanhe suas atividades

Muitas mães alegam falta de tempo para acompanhar seus filhos nas atividades escolares, esportivas etc. Assim acabam delegando para outra pessoa até mesmo as tarefas escolares. Com isso sentimentos como a insegurança e a rejeição crescem com a criança, ocasionando muitas dificuldades em sua vida adulta.


4- Não discipline seu filho

Seja por excesso de mimo ou por não querer se incomodar, deixar a criança fazer o que quer é dar a ela a sensação de que o mundo gira ao seu redor. Lamentavelmente, cedo ou tarde, seu filho terá que aprender a necessidade dos limites pelas imposições da vida e isso pode ser muito sofrido.


5- Não demonstre afeto

Talvez você não tenha tido pais amorosos ou acredite que dando tudo o que seu filho quer está demonstrando amor. Dê uma bicicleta ao seu filho e daqui uns anos ele pode nem lembrar, mas dê amor e deixe claro o quanto ele é importante para você e seu filho levará esse sentimento por toda a vida.


6- Brigue o tempo todo

Se o que você deseja é que seu filho não ouça você e, muito menos, obedeça a suas determinações, encontre sempre motivos para brigar, gritar e reclamar. Quem muito esbraveja perde totalmente a razão e dificilmente é respeitado.


7- Chame atenção em público

A mãe que deseja mostrar para os outros que é ótima educadora costuma recriminar em público. Humilhando seu filho você se coloca em ridículo diante das outras pessoas, mas pior mesmo é o estrago emocional que você provoca na criança.

8- Reclame de tudo

A melhor maneira de afastar seu filho de você é fazer o tipo vítima e insatisfeita, aquela que vive se lamentando, reclama de tudo, pois, nada que os outros fazem está bom. Essa é uma boa medida não só para fracassar como mãe, mas para conquistar a solidão.


9- Não dê atenção

Crianças adoram tagarelar, contar situações e, principalmente, perguntar muito. Isso às vezes incomoda, afinal você já tem tantas coisas para pensar. No entanto, esses momentos são preciosos para conhecer os pensamentos de seu filho e orientá-lo amigavelmente.


10- Seja ausente

Aquela que tem o filho, mas o filho não a tem; aquela que só é mãe por aparência, pois nunca está por perto e nem tem disponibilidade para a maternidade. Esse quesito engloba todos os outros e equivale a dizer que o fracasso já aconteceu.

Claro que se você não tem suas atitudes listadas acima, não tem o que temer. Lembre-se que qualidade é melhor do que quantidade, assim administre seus afazeres de forma que seu papel de mãe seja sempre priorizado.

Guia_Paciência_post.jpg
Lista VIP post.jpg
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
Conheça Método.png
Logo Whats.png
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey G+ Icon

© 2015 Mentoria de Pais  |  Márcia Girardi  |  Todos os Direitos Reservados