Conhecendo as Emoções


Crianças pequenas geralmente são bastante transparentes em relação às suas emoções, demonstrando-as de forma espontânea. No entanto, à medida em que vão crescendo, suas emoções vão ficando mais complexas e nem sempre tão fáceis de serem demonstradas.


Alegria, esperança, frustração, medo, raiva, culpa, amor e mais tantos outros. Os novos sentimentos vão sendo experimentados, assim como as exigências sociais. E as crianças precisam aprender a lidar com essas emoções para conviver na família, na escola, com os amigos, e nem sempre isso é uma tarefa fácil.


As crianças que compreendem as próprias emoções se tornam mais compreensivas também com os outros. Quanto mais cedo os pequenos aprendem a lidar com as emoções, mais autoconfiantes, abertos ao aprendizado e mais tolerantes à frustração vão ficando. Assim, eles tem mais facilidade para encontrar soluções para os problemas cotidianos.


E cabe aos pais ajudar nesse desenvolvimento emocional, escutando com atenção e paciência o que estão sentindo, dando valor aos sentimentos da criança, evitando simplesmente dizer ‘não é nada’ ou ‘vai passar’.


Dependendo da criança, uma abordagem objetiva, simplesmente perguntando o que estão sentido, pode não ser muito efetiva. Mas existem brincadeiras que facilitam, de forma lúdica, o reconhecimento e expressão das emoções. Confira duas boas opções:


1) Brincar de ‘Que expressão é essa?’

Na frente de um espeço, peça para a criança fazer as diferentes expressões: alegria, tristeza, raiva, timidez, calma. Depois de observar suas expressões, peça para ele desenhar a que mais gostou ou que achou mais difícil. As expressões escolhidas podem ser o ganchos que você precisa para iniciar uma conversa sobre como a criança está se sentindo.


2) Pintar os sentimentos

Outra atividade bem divertida, que também traz à tona as emoções, é trabalhar com cores e música. Você pode colocar uma música (triste, alegre, calma, etc.) e pedir para a criança relacionar com algum sentimento. Depois, convide ela para escolher uma cor para expressar esse sentimento, fazendo desenhos ou pinturas com tinta, canetinha, lápis ou giz. Observe a escolha de cores e a intensidade com que a criança realiza suas pinturas. Podem ser bons indicativos dos seus sentimentos – ou pelo menos os estimulados pelas músicas, rendendo um bom início de conversa sobre o que a criança está sentindo.


Mas para que tudo isso seja possível, você precisa ter o controle de suas emoções e para ter o controle das emoções, você precisa ser PACIENTE ;)



Se você tem interesse neste assunto e quer se aprofundar para aprender a ter mais equilíbrio emocional, melhorando sua autoestima e autoconfiança além de ficar menos exigente e autocrítica, Clique AQUI e baixe seu ebook gratuitamente.

Guia_Paciência_post.jpg
Lista VIP post.jpg
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
Conheça Método.png
Logo Whats.png
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey G+ Icon

© 2015 Mentoria de Pais  |  Márcia Girardi  |  Todos os Direitos Reservados