Brincar sem brinquedo: qual é a importância para a criança?


As maiores e melhores brincadeiras estão dentro da cabeça da criança, ou seja, surgem através da imaginação. Nem sempre é preciso de um brinquedo para poder brincar e se divertir. Na realidade, é super saudável que a criança não brinque somente com brinquedos prontos para que ela aprenda a usar sua criatividade e estimule a capacidade de construir. Brincadeiras sem brinquedos é importante para o desenvolvimento infantil.


Sendo assim, um simples graveto pode se transformar em uma varinha mágica, ou em um foguete, ou quem sabe em um bichinho que anda pelo mato, folha de coqueiro vira barquinho nas mãos de menino. Latinhas viram panelinhas, nas mãos de menina... vale tudo o que a imaginação da criança permitir... e ainda temos a oportunidade de apresentar para as crianças, brincadeiras sem brinquedo, que fazíamos quando éramos pequenos, como por exemplo, pular corda, pular elástico, brincar de roda, esconde-esconde, cabra-cega, amarelinha, pés de lata, e muuittoo mais!


O exercício de transformar objetos e situações em brincadeiras é muito importante na vida de uma criança. A frase “dar asas à imaginação” sempre foi muito coerente e hoje, com tantos brinquedos à disposição dos pequenos, é preciso ser estimulada e praticada de todas as maneiras.


Em entrevista para Carta Educação, Tatiana Weberman, responsável pelo SlowKids – movimento que propõe a desaceleração para a infância – diz que é preciso não deixar disponível às crianças tantos brinquedos com funções especificas e nem planejar tantas atividades para elas. “Deixar menos opções, muitas vezes, é abrir uma porta para a criatividade e uma vastidão de possibilidades”, afirma.


Ao contrário de muitos adultos, as crianças não precisam de instruções para brincar com objetos do cotidiano. As crianças precisam da ausência de brinquedos prontos para que possam acessar os próprios desejos, vontades e interesses. Elas conseguem concretizar através da brincadeira, seus sonhos a partir da imaginação livre. Tudo depende da criatividade e da liberdade que as crianças têm em casa.


A criatividade, a fantasia e o brincar permitem que os filhos externem as emoções. O melhor é que eles tenham a oportunidade de elaboração do brinquedo e da brincadeira, pois se você dá algo pronto, esse processo é interrompido.


Para a experiência ser completa, os pais precisam separar um tempo todos os dias para dividir o momento da criação e da brincadeira com as crianças e adolescentes que queiram participar do processo.


Quando todos brincam juntos, acabam se conhecendo melhor e possibilitando uma aproximação. É claro que quando digo isso, não estou dizendo que você precisa brincar o dia inteiro com a criança. Alguns minutos já são extremamente ricos para o desenvolvimento.


Se você gostou deste assunto, comente aqui e compartilhe! ;)

Guia_Paciência_post.jpg
Lista VIP post.jpg
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square
Conheça Método.png
Logo Whats.png
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey G+ Icon

© 2015 Mentoria de Pais  |  Márcia Girardi  |  Todos os Direitos Reservados