Resolvendo as teimosias

Dentro do seu propósito de trabalhar para a defesa e a promoção direitos da infância e pela justiça para todos os meninos e meninas do mundo, a Save the Children apresenta em sua revista digital um guia prático com normas simples e exercícios de reflexão para ajudar aos pais que consigam o pleno desenvolvimento dos seus filhos. Também se podem encontrar conselhos sobre as necessidades e capacidades dos meninos e meninas de acordo com as idades que tenham, como também recomendações de como enfrentar pressões e conflitos com nossos filhos. Teimosia das crianças Se as crianças chegassem com um manual de instruções, seguramente o capítulo das birras, que normalmente aparecem entre os 2 e 3 anos

Como educar uma criança sem mimá-la

Atitudes simples que os pais tomam desde o primeiro ano de vida da criança ajudam a mostrar a importância de respeitar o próximo e fazê-la entender que o mundo não gira em torno de seu umbigo. Quando falamos em crianças mimadas vem à cabeça aquela cena típica de uma se jogando no chão da loja de brinquedos e gritando por aquilo que a mãe se nega a dar. Mais do que isso (e pior): no final da história, ela consegue o que quer. O conceito de mimado não se resume a esse tipo de comportamento, mas tem relação com ele. Segundo Vera Zimmermann, professora de psiquiatria da Unifesp, a criança mimada é aquela que não foi educada para aceitar uma frustração e sempre reage querendo se posicionar no cen

Cuidado com o que você diz às crianças

A infância dos nossos filhos só acontece uma única vez. Cada momento da sua vida é único e não se repete. Cada sorriso, cada abraço, beijo, cada refeição, conto, brincadeira ou qualquer outro momento compartilhado é uma marca que fica registrada na vida deles. Se tivéssemos sempre isso na mente, poderíamos ser melhor pais para eles, e os pais que não medem suas palavras diante dos seus filhos pensariam melhor antes de dizê-las, principalmente em momentos de chateação, raiva, desgosto ou cansaço. O maltrato verbal também é uma violência às crianças. Quando você leva seu filho ao parque, à praia, à piscina, restaurante ou a algum outro lugar público, pode aprender muito com os outros pais, de

Adolescência

É normal um garoto de 11 anos preferir ficar em casa em vez de querer sair com os amigos? E uma garota de 13? Ela deve gostar necessariamente de estar com garotos e, se preferir estar só com as amigas, é sinal de que não está aceitando bem a adolescência? Vai tudo bem com uma menina de nove que não quer mais saber de sair com os pais porque só quer estar com a turma de meninos e meninas que conheceu na escola? E um garoto de 16 que é tímido com as garotas, mas passa horas e mais horas em frente ao micro conversando com elas em salas de bate-papo, é normal? Muitos pais buscam parâmetros para avaliar o comportamento e o desenvolvimento dos filhos à procura de um sinal que indique qual providên

Pais de adolescentes

Pais de adolescentes passam apertado, esse é um fato inegável. Nesse período, sustentar a educação e bancar os conflitos com eles é tarefa diária, árdua e cheia de sobressaltos, principalmente neste mundo com tantas tentações sedutoras e perigosas, com tantos apelos eróticos e pleno de violência. Isso exige tomadas de decisões a todo momento. "Deixar ou não, ir a determinada festa?" "Qual o horário de retorno mais adequado a ser exigido?" e etc. Uma fiscalização, mesmo que discreta, sobre como o filho exerce a autonomia já conquistada e, principalmente, uma boa dose de coragem para, mesmo ciente de tantos problemas, liberar o filho para desfrutar a vida sem abrir mão do papel de educador. C

Os pais não têm tempo para estar com os filhos?

A infância é uma época que passa voando. Quando você se dá conta o seu filho já é um adolescente e começa a se portar de uma forma que muitas vezes te surpreende. E você se pergunta: Quem é ele ou ela? Acredito que se nós, pais, tivéssemos mais consciência disso, aproveitaríamos mais o tempo que temos para estar com os nossos filhos, quando são menores e os conheceríamos melhor. No II Informe Nacional sobre a Infância na Espanha, realizado pela Chicco, encontramos dados muito positivos neste sentido. Os pais espanhóis gostariam de ter passado mais tempo com os seus filhos. A metade dos pais compartilha menos de cinco horas diárias com os filhos e as mães, das 9 às 16 horas. Por não terem pas

Crianças teimosas, birrentas e obstinadas. Como educá-las

Por que o meu filho é tão teimoso? Essa é uma das perguntas que a gente mais ouve quando vários pais conversam sobre os seus filhos. O que podemos fazer para controlar esse comportamento? É possível mudar essa conduta? Se partirmos da premissa de que as crianças não nascem teimosas, mas se tornam, não há dúvida de que são algumas circunstâncias da educação que recebem ou o que lhes ensinam e permitem que as levam a ser teimosas e birrentas. Como educar a uma criança teimosa Uma criança obstinada, birrenta ou caprichosa é a que não aceita ordens, nem sugestões, nem conselhos. É uma criança que resiste à obediência e ao cumprimento de algumas ou todas as regras. A tudo o que seus pais lhe ped

Como incentivar o esforço e trabalho nas crianças

A criança deve estar consciente que tudo o que se consegue na vida é por meio de esforço. É necessário incentivar e motivar as crianças ao esforço e ao trabalho, de acordo com as capacidades e a idade que tenham. Algumas das carências que observamos nas novas gerações são a força de vontade e do esforço. O tempo todo, a gente ouve frases que dizem que temos que nos esforçar para obtermos objetivos na vida. No entanto, a sociedade do consumo e do bem estar transmite idéias subliminares no sentido contrário. Parece que a qualidade de vida pode ser conseguida sem trabalho, e as crianças vão crescendo sem desenvolver a capacidade de esforço que vão ajudá-las a enfrentar os desafios e as dificuld

Violência escolar ou Bullying

Bullying é uma palavra inglesa que significa intimidação. Infelizmente, é uma palavra que está em moda devido aos inúmeros casos de perseguição e agressões que se estão detectando nas escolas e colégios, e que estão levando muitos estudantes a viverem situações verdadeiramente aterradoras. O que é Bullying O Bullying se refere a todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adotadas por um ou mais estudantes contra outro ou outros. O que exerce o "bullying" o faz para impor seu poder sobre outro através de constantes ameaças, insultos, agressões, humilhações, etc., e assim tê-lo sob seu completo domínio durante meses, inclusive anos. A

Aprender a abraçar. O poder do abraço

Quanto bem nos pode fazer um abraço! Os abraços nos levantam o ânimo, nos faz sorrir, sentirmos melhor, queridos, compreendidos, apoiados... Se, além disso, é o nosso bebê que nos abraça pela primeira vez, a sensação é de plena felicidade. 'Um abraço, um abraço’, dizem meus filhos cada vez que saio de casa para ir trabalhar. Eles se penduram no meu pescoço ou na minha cintura com suas pequenas mãozinhas e é difícil soltá-los. Eu adoro os abraços, assim que, enquanto o relógio segue avançando e o dia vai passando, eu fico pensando em ‘recarregar as minhas pilhas’ com essas doses de energia positiva. Abraçar é um ato tão simples e que contribui com tantas coisas boas que não deveríamos passar

Por que é bom que as crianças leiam para os animais

Alguma vez você já ‘pegou’ o seu filho lendo um conto para o seu bichinho de estimação? Você não imagina a quantidade de benefícios que isso tem. Ainda que para ele ou ela lhe pareça uma brincadeira, ler para seu mascote, fortalece a sua autoestima, ao mesmo tempo em que pratica a leitura e a compreensão da leitura. Isso não sou eu quem está dizendo, e sim os cientistas. Os benefícios ao ler em voz alta para um mascote Segundo um estudo recente, as crianças que lêem em voz alta para os seus bichinhos de estimação ganham em segurança. Além disso, ajuda as crianças a administrar melhor suas emoções. O estudo, na realidade é um programa chamado ‘The book buddies’ (‘os amigos dos livros’). O est

Como conseguir com que as crianças gostem de ler livros

Nem todas as crianças gostam de ler. No entanto, muitos deles não leem por falta de motivação. Ou talvez, porque não descobriram as vantagens ou benefícios de ler um livro. Para que uma criança goste de ler, deve descobrir os livros. Ninguém melhor que os pais para aproximar-lhes ao maravilhoso mundo das letras. Você quer de verdade que o seu filho se enamore da leitura? Anote as dicas abaixo. 1. O encantamento: É fundamental conseguir que a criança se encante. Provocar na criança a curiosidade e o encanto diante de algo novo e fascinante. O encanto tem um vínculo emocional com a pessoa que lhe entrega o livro (um pai, uma mãe, um avô ou alguém que implica para a criança um exemplo), muito m

Como conciliar filhos e trabalho

Para muitos pais, cada vez fica mais difícil conciliar o trabalho e os filhos. Muitos se sentem frustrados, com sentimento de culpa e impotentes diante da falta de tempo para estar junto aos pequenos, por ter que deixar a educação dos seus filhos nas mãos de terceiros e não poder participar e acompanhá-los em suas atividades. Os pais são a base da estrutura da personalidade dos seus filhos, e a falta de tempo, devido ao trabalho os obrigam a aproveitar os poucos momentos com eles com qualidade. Mesmo que esse “abandono” repercuta na formação da identificação das crianças, o certo é que, de uma forma ou outra, eles acabam se acostumando e se adaptando a essas situações. Algumas crianças sofre

Uma nova geração de pais revoluciona a paternidade no mundo

Vínculo afetivo e o desenvolvimento saudável Para que a criança possa ter uma infância melhor e saudável em todos os aspectos, plantando boas sementes para a vida adulta, ela precisa se sentir amada, segura, cuidada e respeitada. O que envolve tudo isso é o vínculo. O vínculo do adulto com a criança começa antes mesmo do nascimento. A mãe é a primeira a estabelecê-lo com seu filho, que ainda está no útero. O pai pode também começar essa construção durante a gestação, acompanhando a mãe nas consultas do pré-natal, no parto e permanecendo com ela e o bebê nos primeiros dias de vida, por meio da licença-paternidade. Se o período for de 20 dias, melhor ainda! Quando o bebê nasce, é pelo aleitame

O Começo da Vida

Considerando o trabalho desenvolvido neste blog, pelo projeto Mentoria de Pais - Limites Sem Culpa, de autoria de Márcia Girardi, compartilho com vocês, o documentário "O Começo da Vida", onde retrata de maneira fantástica a importância de SER PRESENTE na vida dos filhos. Investir na Primeira Infância é investir em uma sociedade melhor. Partindo deste importante princípio surge o documentário “O Começo da Vida". O filme traz, dentro de um contexto emocionante, a informação relevante de que os primeiros três anos de vida da criança são fundamentais e decisivos para seu desenvolvimento saudável, tanto na infância, quanto em sua vida adulta. O documentário de longa-metragem "O Começo da Vida" é

Guarda compartilhada dos filhos

O que pode mudar na relação de pais e filhos, depois da separação do casal? Uma nova lei sobre a guarda compartilhada, regulamentada pela Lei 11.698, de 13 de junho de 2008, consiste basicamente na possibilidade dos pais e mães dividirem a responsabilidade legal sobre os filhos, e ao mesmo tempo compartilharem com as obrigações pelas decisões importantes relativas à criança de pois do divórcio. A relatora do projeto foi a deputada Cida Diogo. A referida modalidade de guarda, já vinha sendo adotada em casos esporádicos em nosso país, embora não houvesse legislação específica disciplinando a matéria. Guarda compartilhada dos filhos e pensão alimentícia Até a aprovação da Lei, os juízes só dava

Pai e filha: como essa relação deve ser construída?

Para muitos, talvez essa resposta seja bem tranquila. Para outros, ela pode levantar algumas dúvidas. Seja qual for o seu caso, o convidamos a ler este artigo e refletir sobre os impactos dessa relação no presente e futuro da criança. Início nossa conversa, dimensionando a importância do pai na vida da menina. Existem aspectos específicos que caracterizam a relação pai-filha Consideramos que o pai é a primeira conexão que a mulher tem em vida com um homem. Desta forma, as referências de relações com homens, amores e a sua forma de agir no mundo são influenciadas pela primeira relação masculina estabelecida em sua vida, que é a relação pai-filha. Assim, o exemplo de masculinidade oferecido pe

A importância da Paternidade

Tudo indica que assumir a paternidade de forma compromissada e plena, já é realidade em muitas famílias. Uma ótima notícia para todos nós que acreditamos que o papel do pai no desenvolvimento da criança é essencial, especialmente nos primeiros anos de vida. Estamos avançando! Os homens pais, em muitas partes do planeta, estão ocupando o seu lugar na criação de seus filhos, exercendo o que chamamos de paternidade positiva. É uma verdadeira emancipação masculina. Valorização do Pai Ferramentas tecnológicas, como as redes sociais, têm permitido que eles troquem experiências, compartilhando relatos emocionantes do ser pai, experimentando uma onda de descobertas e emoções que até pouco tempo era

Porque seu Filho Adora Jogar Tudo e Como Fazê-lo parar!

Seu filho adora jogar tudo no chão? Mas porque isso acontece? Porque eles acham isso tão interessante? Veja aqui e entenda como ensina-lo a jogar as coisas certas nos lugares certos. Seu filho adora jogar tudo no chão? Ele não é o único e não tem nada que enlouquece mais uma mãe do que ter que pegar a chupeta do chão pela milésima vez! Por que raios meu filho gosta tanto de jogar as coisas no chão? É bola, chupeta, caneta, prato, copo e etc… é praticamente uma aula de agachamento sem hora para terminar… Ufa Porém, sim, existem algumas razões para essa paixão durar dos 18 meses aos 3 anos mais ou menos. Razões: Descobrindo a Gravidade. Por mais que eles não consigam falar ou entender o concei

IDEIAS CRIATIVAS PARA ORGANIZAR O BANHEIRO PARA AS CRIANÇAS!

Você limpa, arruma e tenta manter o banheiro em ordem, mas ele está sempre bagunçado? Pois é, saiba que você não está sozinha! É realmente difícil organizar nesse espaço as roupas sujas, as toalhas, os produtos de higiene e os brinquedos do pequeno – por isso é tão importante criar alternativas para deixar tudo no lugar. Para ajudá-la, selecionei algumas dicas que podem ser colocadas em prática por você e também pelas crianças. Que tal ensiná-lo desde cedo a manter as coisas em ordem? Veja algumas ideias e se inspire! Roupas sujas Você já pensou em colocar cestos de tecido dentro do banheiro? Procure modelos lúdicos como esses de monstrinhos. Além de divertir, eles também incentivarão os peq

D E S T A Q U E
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Basic Square
Logo Whats.png
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey G+ Icon

© 2015 Mentoria de Pais  |  Márcia Girardi  |  Todos os Direitos Reservados