Como e Porquê Reproduzimos Padrões Comportamentais Familiares

Existem situações em nossas vidas que, por mais que tentemos, não conseguimos entender porque acontecem — muitas vezes de forma repetitiva. Seja no relacionamento, no trabalho, na família ou em qualquer outro setor da vida, podemos sentir que agimos de uma maneira que não nos satisfaz, que não representa a nossa verdade, que nos parece incompreensível, mas não conseguimos fazer de maneira diferente. Esses problemas, que não conseguimos resolver e geralmente nos impedem de viver e expressar nossa essência e individualidade, têm suas raízes em situações mal resolvidas com nossos pais, avós e outros ancestrais, e que acabamos trazendo conosco, num grande emaranhado dentro do chamado Sistema Ene

Crenças negativas nas crianças-Limitantes

No inicio da infância e na adolescência é que se formam estruturas cognitivas que o individuo usa para entender suas próprias experiências de vida. Essas estruturas são chamadas de esquemas. Estes contêm crenças que nortearão como a pessoa irá compreender o mundo e reagir a ele na vida adulta. Portanto, é muito importante darmos atenção especial ao que fazemos e dizemos às crianças. De acordo com a America Academy of Child and Adolescent Psychiatry, as crianças tem algumas necessidades para desenvolverem uma boa saúde mental: 1) amor incondicional da família; 2) auto confiança e auto estima; 3) ambiente seguro com vínculos estruturados com outros indivíduos; 4) disciplina e direcionamento po

Depressão pós parto

Depressão pós-parto ocorre logo após o parto. Os sintomas incluem tristeza e desesperança. Muitas novas mães experimentam alterações de humor e crises de choro após o parto, que se desvanecem rapidamente. Elas acontecem principalmente devido às alterações hormonais decorrentes do término da gravidez. No entanto, algumas mães experimentam esses sintomas com mais intensidade, dando origem à depressão pós-parto. Raramente, pode ocorrer uma forma extrema de depressão pós-parto, conhecida como psicose pós-parto. Acreditava-se que somente as mães sofriam desse mal, no entanto, novos estudos mostram que elas também podem afetar os pais. Depressão pós-parto não é uma falha de caráter ou uma fraqueza

A menina que mobilizou 4 milhões de pessoas contra o bullying

A cada ano milhões de crianças de todo o mundo são abusadas, maltratadas, insultadas, ignoradas ou humilhadas por outras crianças. São suas semelhantes, companheiros de sala de aula, crianças como elas são as que causam profunda dor. O bullying está tão presente em nossas sociedades que é fácil encontrar diariamente nos meios de comunicação notícias trágicas de crianças que sofrem ou sofreram abuso escolar. Alguns lamentavelmente perderam a batalha e outros, como Lexie dão um sentimento de esperança a todas essas crianças que continuam sofrendo. Lexie, que é americana (EUA) conseguiu mobilizar 4 milhões de pessoas contra o bullying. 4 milhões de pessoas apóiam Lexie após sofrer intimidação.

Como ensinar paciência às crianças

Atividades divertidas que ajudam os pequenos a serem mais pacientes e a entenderem como a vida funciona. Se para os adultos é difícil ter paciência, que dirá para uma criança que vive em um mundo onde tudo é para agora? Não há tempo a perder para ninguém e tudo o que é necessário pode ser conseguido de forma muito rápida. Existem algumas maneiras de ensinar a paciência às crianças. E será excelente para os pais participarem destas atividades e juntos com elas desenvolverem esse atributo essencial. Preparar um alimento que normalmente é comprado pronto Com muita calma é possível explicar para a criança que desta vez a pizza não será entregue em alguns minutos, mas que a família a fará. É i

Como os pais devem agir diante do assédio moral ou bullying

O que nunca você deve fazer diante de um caso de assédio ou bullying O assédio moral ou bullying é um tema muito sério que pode afetar o seu filho mais do que você pensa. Qualquer criança pode ser vítima do assédio. Não porque tenha algo de especial. Sem que nem pra que outra criança decide quem será sua vítima de chacotas. Na escola, antes um lugar seguro e amável se transforma num autêntico pesadelo para qualquer criança. A atuação de professores e pais diante de um caso de bullying é determinante. Não somente a rapidez com que se age, mas como o fará. Alguns pais tendem a desprezar as queixas do seu filho, e começam a cometer uma série de erros imperdoáveis. A gente compartilha alguns del

Como criar filhos sem chiliques, birras e acessos de raiva

Chiliques e acessos de raiva são como chuva de verão, repentina e, às vezes, violenta. Num minuto você e seu filho estão jantando tranquilamente, e no seguinte ele está chorando, esperneando e gritando porque o canudo do suco não é da cor que ele queria. Crianças entre 1 e 3 anos são especialmente propensas a ter esses "ataques". Não há por que achar que você está criando um pequeno tirano. Provavelmente ele está tendo um "surto" por causa de uma frustração que ele não consegue expressar bem com palavras, porque ainda é muito novinho. Faça de tudo para não perder a calma você também Respire fundo. Claro que os ataques de birra dos pequenos não são uma coisa bonita de se ver. Além de chu

Benefícios do esporte para as crianças

Os benefícios do esporte infantil para a saúde física e mental das crianças. Se você criar o hábito em seu filho na prática de esportes desde a primeira infância, pode ser que economize problemas quando a criança entrar na fase da adolescência. O esporte ajuda as crianças a desenvolver-se física e mentalmente, a viverem saudáveis, e a relacionar-se de uma forma sadia com outras crianças. Estar em forma é estar são. E essa é uma regra geral. Do mesmo modo que os adultos, as crianças devem encontrar e praticar um esporte que gostem. A princípio, pode custar-lhe iniciar e seguir o ritmo, mas se a criança conta com apoio, determinação e a segurança dos pais, tudo caminhará. O esporte infantil e

Os benefícios da música para as crianças

A música é importante para o desenvolvimento da criança. Iniciação musical infantil de bebês e crianças. A música está sendo introduzida na educação das crianças em idades pré-escolares, devido a importância que representa no seu desenvolvimento intelectual, auditivo, sensorial, da fala e motor. A música como estímulos para as crianças A música é um elemento fundamental nesta primeira etapa do sistema educativo. A criança começa a se expressar de outra maneira e é capaz de integrar-se ativamente na sociedade, porque a música ajuda a ganhar independência nas suas atividades habituais, assumir o cuidado de si mesma e do meio, e ampliar seu mundo de relações. A música tem o dom de aproximar as

Por que não se deve deixar o bebê chorar

Durante muito tempo se pensou que o melhor para que o bebê aprenda a lição é deixar que chore, não atendê-lo no momento da ‘birra’. No entanto, um recente estudo nos alerta sobre essa prática: deixar chorar a um bebê entre 0 e 3 anos pode ser muito prejudicial para o seu desenvolvimento emocional. Por quê? O Dr. James McKenna, diretor do Laboratório do Sono da Universidade de Notre Dame, explica que existe uma zona do cérebro, a região orbital central, que se desenvolve desde o nascimento até os 3 anos. Esta zona é a encarregada de controlar o estresse e a ansiedade. Se durante esta etapa o bebê suporta doses elevadas de estresse, sua capacidade de ‘lutar’ contra o estresse ficará prejudicad

Como a família desunida influencia no futuro emocional filhos

Diga-me em que família você foi criado... E te direi como gerencia suas emoções’. É o que vem a dizer um estudo feito na Finlândia com quase uma centena de bebês. O objetivo desse estudo era determinar como reagem às emoções, as crianças, dependendo da família em que foram criadas no seu primeiro ano de vida. A família no primeiro ano do bebê, marca o seu futuro emocional O estudo foi feito pela Universidade de Tampere (Finlândia) ao longo de dez anos e consistia em observar a reação instintiva dos bebês de mais de um ano diante de imagens de rostos sorridentes e sua reação diante rostos irritados e chateados. Media-se, sobretudo o tempo de reação diante de cada um desses estímulos emocionai

Como criar filhos

O que faz uma criança feliz? A resposta pode surpreender a maioria dos pais. Segundo especialistas em desenvolvimento infantil, felicidade não é algo que se possa dar a um filho como se fosse um presente. Pelo contrário. Na realidade, diz o psiquiatra Edward Hallowell, autor de The Childhood Roots of Adult Happiness, crianças mimadas demais ou poupadas de todo tipo de desconforto emocional têm mais chances de virar adolescentes chatos, cínicos e descontentes. "O mais significativo para a felicidade são fatores internos, não externos", afirma Hallowell. Ele salienta que o importante é ajudar a criança a desenvolver ferramentas internas para se equilibrar, ferramentas com as quais ela pos

Eles colocaram a creche dentro do asilo e isso mudou a vida de todos

"Idosos são crianças grandes que não perdem a inocência e ainda ganham com a experiência". O que crianças podem oferecer aos idosos? Uma casa de repouso em Seattle, nos Estados Unidos, a Providence Mount St. Vincent, quis saber como seria a integração dos dois extremos da vida. E parece que o programa "The Intergenerational Learning Center" (ILC), Centro de Aprendizagem Intergeracional, em tradução livre, está dando muito certo. A creche, que recebe crianças com idade entre seis semanas até a pré-escola com cinco anos, fica no mesmo prédio da casa de repouso que conta com 400 idosos. O convívio entre eles é de emocionar-se. As atividades dos pequenos são feitas em conjunto com os idosos supe

Brigas do casal, nunca devem acontecer na frente dos filhos

Discussões na frente dos pequenos poderá deixar marcas para toda uma vida, o melhor a fazer é evitá-las. As crianças são muito espertas Elas aprendem e percebem tudo que está a seu redor, coisas até que nós pais nem imaginamos. São muito perceptíveis e questionadoras. Elas sentem facilmente quando as coisas entre os pais não vão lá muito bem e ficam sensibilizadas quando isto acontece, o que pode ocasionar diversos problemas. Os pais, por outro lado, não estão livres de uma discussão de vez em quando. Todo casal passa por isso, mas é preciso entender as consequências de um desentendimento na frente das crianças. Discutir na frente dos filhos pode gerar nos pequenos desde problemas psicológic

Brincadeiras para crianças e jovens

Marque este artigo em seus favoritos, que traz 30 ideias de dinâmicas e brincadeiras para fazer com grupos de crianças ou jovens em sala de aula, reuniões de família, grupos religiosos e outros. 1 - CACHORRO E GATO CEGO IDADE: 7 anos. Objetivos específicos: Audição, atenção. MATERIAL: Lenços. LOCAL: Sala, quadra, pátio. Formação: círculos. Organização: alunos em círculos que irão dois para o centro; um será o cachorro e outro o gato. Veda-se os olhos de ambos. Execução: toda vez que o cachorro latir o gato miará e o cachorro tentará pega-lo. Se conseguir, irão outros ao centro. 2 - QUAL O PERFUME? IDADE: 9 anos em diante. SEXO: Ambos. Objetivos específicos: Desenvolver o olfato. MATERIAL: Fr

Sintomas e tratamento da depressão pós-parto

A depressão pós-parto causa tristeza, irritabilidade, insônia e ansiedade na mulher. Qualquer mulher pode sofrer de uma depressão pós-parto sem causa aparente. Sintomas como a ansiedade, a tristeza, o cansaço e a raiva, podem romper o vínculo materno-filial e afetar negativamente o crescimento do bebê recém-nascido. Os sintomas mais identificados com a depressão pós-parto Os sintomas mais comuns associados com a depressão pós-parto são a tristeza, a irritabilidade, a fadiga, a insônia, a perda de apetite e a ansiedade. Saiba mais: Tristeza É o sintoma mais frequente. A paciente sente falta de ânimo, desgraçada e infeliz, chorosa, especialmente em determinados momentos. Irritabilidade A mãe s

Depressão masculina pós parto

A depressão pós-parto não é algo que afeta somente as novas mamães. Um em cada dez pais também apresenta depressão pós-parto e, assim como no caso das mulheres, ela tem muito mais chances de se manifestar no primeiro ano de vida do bebê. Os homens estão mais propensos a apresentar os sintomas quando o bebê tem entre três e seis meses. A própria idade também conta: ser pai antes dos 30 anos aumenta os riscos. Como saber se tenho depressão pós-parto? Os sintomas variam de homem para homem, mas tenha em mente que, se sua parceira estiver deprimida, você ficará mais propenso a estar também. A depressão dela causará períodos de pressão no relacionamento de vocês. Alguns homens contam que ficam

10 dicas para criar filhos felizes

A missão de criar filhos nunca foi considerada fácil, mas há várias maneiras de orientar pais de primeira viagem. O site LiveScience elencou dez dicas úteis que os pesquisadores dão para educar crianças bem ajustadas. 1 – Conheça seus filhos Uma boa educação é baseada em um conhecimento profundo. Quanto mais tempo passamos com os filhos, mais aprendemos com eles e a respeito deles. Esta dica serve para guiar seu trabalho nas outras nove: saber a personalidade, perfil emocional e características de seu filho ajuda a guiar o trabalho de educar em todas as situações. 2 – Não force a perfeição A figura clássica de filhos reprimidos por não serem exatamente os melhores, em determinado assunto, é

Uma professora explica com duas maçãs o que é o bullying

Naquele dia, a professora Rossie Dutton, preocupada com a prática do bullying e todos os danos que esta prática causa a vítima, queria explicar aos seus alunos o que é realmente o bullying e como pode ser evitado. Ela pensou como podiam entendê-lo. Pensou que a melhor maneira de entender algo que não se vê é fazer com que a criança enxergue! Escolheu duas maçãs vermelhas e antes de entrar em sala de aula ela deixou cair uma delas várias vezes ao chão, com delicadeza para que não se machucasse por fora, mas totalmente segura do que estava ocorrendo no interior da maçã. O que ela fez ao entrar na sala de aula? A professora mostrou aos alunos duas maçãs. Por fora, eram praticamente iguais. Mas

Escola. Um programa para acabar com o sofrimento e prejuízo causados a quem sofre bullying

Poderia se chamar Maria, Isabel ou Lourdes. Talvez a próxima vez seja João, Carlos ou Antonio. A gente não conhece os seus nomes, mas sim o pesadelo que vem passando. O bullying é mais cruel e danoso do que uma pistola. E muito mais doloroso. Com frequência, invisível. E tão letal que às vezes termina em suicídio. O assédio moral ou bullying não escolhe o sexo, nem condições sociais. Acontece quando uma criança ou um grupo delas decidem tornar a vida do outro impossível. Uma vez que escolhem a vítima, atacam sem piedade. Ameaças, chantagens e mensagens que desarmam o interior da criança abusada, que vão minando suas emoções e sua vontade de viver. O bullying, produz uma cicatriz, que sem dúv

D E S T A Q U E
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Google+ Basic Square
Logo Whats.png
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey G+ Icon

© 2015 Mentoria de Pais  |  Márcia Girardi  |  Todos os Direitos Reservados